quarta-feira, 26 de maio de 2010

Sobre a minha visita ao Sumaré em 2010

     Quedas de barreiras na Rua Almirante Alexandrino no sentido Santa Teresa.

       Estive neste ultimo domingo, dia 23 de maio, no parque de transmissão do Sumaré, no Rio. Foi uma visita maravilhosa. Eu ja tinha ido outras vezes desde 2005, mas desta vez foi bem legal, pois quem me recebeu foi um grade amigo meu que lá trabalha. Uma das coisas que mais me chamou a atenção nesta ultima vista em si não foi o seu destino, mas o trajeto que fiz. Ainda há muitos escombros e quedas de barreiras da ultima enchente de abril, onde na favela dos Guararapes, próxima ao acesso a Estrada das Paineiras, morreu duas irmãs por conta de um deslisamento de terra que atingiu várias casas daquela favela e que foi tão forte que quem impediu que uma tragédia ainda maior ocorresse foram os trlhos da Estrada de Ferro Corcovado( que reteve a lama e a terra), pois se eles não existissem ali a tragédia teria sido muito maior que do Morro do Bumba, por exemplo. Por conta disso, esta estrada de ferro esta interditada, pois varias estruturas dela haviam sido danificadas, tendo algumas sustentadas apenas pelos trilhos, segundo relatos de funcionários do Parque Nacional da Tijuca. Ja na Rua Almirante Alexandrino, houve várias quedas de barreiras que mantém esta rua interditada até hoje no trecho entre a Rua Mauriti Santos e o bairro de Santa Teresa. Quem quiser ir ao Cristo tem de vir de Laranjeiras, passando por esta rua que vai dar na  Almirante Alexandrino, pois como havia dito, o acesso a Santa Teresa está fechado. Ele pode até está fechado para carro, mas para pedestres e ciclistas não.

 Estrada do Sumaré e varias quedas de barreira. Numa das fotos havia uma antiga guarita de controle, hoje desativada e demolida. Na foto de baixo, torres do SBT, Rede TV! e Transamerica vistas a partir desta estrada.
         Como fazia mais de dois anos que não ia lá, tinha resolvido ir lá de novo para ver as novidades que ocorreram, principalmente depois da entrada da TV Digital, onde as emissoras de Tv estão investindo na compra de transmissores e antenas para a nova tecnologia. Por conta disso, fui lá para ver as novidades. Uma dessas novidades não era no parque de transmissão, mas na propria estrada que dá o nome ao parque e ao morro onde ele fica. A principal novidade era de que ela estava mais segura, ou seja, tanto a policia quanto a segurança do parque passaram a vigiar o local. A outra, foram as diversas quedas de barreiras ao longo da via, pois ela foi uma das mais atingidas pelo temporal de abril juntamente com a Almirante Alexandrino. Tanto ela foi atingida que era possivel e ainda é, ver as quedas de barreiras que lhe atingiram da da Avenida Brasil, ou seha a mais de dez quilometros de distância. Foram muitas as quedas em toda a estrada que a deixaram feia e esquisita, completamente diferente de quando passei nela por acidente em 2005, onde ela era uma linda estrada com paisagem exuberante que não deixava a dever a Estrada das Paineiras e do Redentor. Voltando ao assunto segurança publica, esta estrada sempre foi mal vista pelo publico e inclusive pelos funcionarios das emissoras que trabalham nos transmissores, por ter sido local de desova de cadaveres, assaltos e assassinatos. Todo dia ou quase todo dia, estes funcionários encontravam carcaças de carros ou gente morta ao longo da via. Tal fama era muito antiga, tanto é que um amigo meu em 1995 relatava isso para mim, pois o mesmo trabalhou na Globo e na saudosa Manchete e as vezes tinha de ir nas torres das duas para fazer serviço e era obrigado a passar nela. Isso era comum até 2007 quando o Cristo ganhou o concurso das sete maravilhas do mundo e quando  a União reassumiu o local que estava nas mãos da prefeitura. Após isso, o policiamento foi reforçado e se tornou constante, em toda extensão da estrada, desde a Rua Joaquim Mamede até a Estrada do Redentor. Foram feitos recapeamentos e novas sinalizações na via e as rondas se tornaram constantes. Com a chegada das UPPs na Tijuca isso só melhorou e vai melhorar ainda mais quando chegar no Cerro Corá e no Guararapes, que ficam longe da Estrada do Sumaré, mas influenciam na mesma. Quando passei lá pela em 2005, eu ainda vi várias carcaças de carros e uma mancha de que alí poderia ter sido queimado um corpo num dos mirantes existentes na estrada, mas tudo isso mudou felizmente, até este local está limpo. Hoje é um local seguro onde até mulheres e crianças circulam por ela e nas cachoeiras que existem ao seu lado, o que mostra como as coisas mudaram da agua para o vinho naquela via.
     Uma outra mudança ocorrida foi na entrada do parque de transmissão. Ele foi reformado e agora tem seguranças particulares em companhia dos PMs que agora são do batalhão florestal e não mais do 1º Batalhão localizado no Estacio. O DPO foi todo reformado e na entrada ganhou câmeras de segurança, computadores e toda uma estrutura burocrática e de segurança que não existia. Antes, era um prédio sujo e sombrio onde um PM ficava lá sozinho ou em companhia de outro PM, onde as placas de identificação estavam encobertas pelo mato. Para entrar lá agora tem de se identificar, dar numero de documentos, coisa que não acontecia antes.

   



 Torre da Band News Fluminense FM


Torre da Rede TV! e da Globo AM/FM. Esta torre pertenceu a inesquecivel e saudosa Rede Manchete
                                         Torre da Rede TV! e ao lado, torre do DETEL e da Radio Tupi.
Torre da Cidade Oi FM e da JBFM. Ao lado desta, torre da light.
Torre da Oi Telefonia e ao lado a do SBT.





 Torre da NGT e base do SBT onde estão os transmissores da NGT, SBT e CNT.



 Base do SBT.


Queda de barreira ao lado da base do SBT
Base do SBT.
 Torre da TVA/MTV e ao lado torre do SBT, CNT e Mix FM.

Pico da Tijuca visto a partir da base do SBT.



 Base do SBT.

 Base do SBT.

Base do SBT.
 Torre da TVA/MTV e do SBT.


 Torre da Band News FM.
Da esquerda para direita, Sulamerica Paradiso, Transmerica e Nativa(Antena1).


Torre da Oi Telefonia e da BandNews FM( esta emissora está usando duas torres, dela e da Oi).


 Da esquerda para direira, Tupi Am/FM, Rede TV! e Globo AM/FM, Sulamerica Paradiso, Transamerica e Nativa(Antena1).


Base da Band News FM.
Da esqueda para direita, torre da 93FM Elshaday e ao lado torre da Band News  Fluminense FM, a Maldita lembram?
 Base da FM O Dia e da MPB FM.

A primeira a esquerda é a torre da Imprensa FM(Mix FM), a primeira FM do Brasil e que quando começou ocupou o predio da Tv Rio(Record), hoje ocupada pela Radio Tupi. Ao lado, torre da 93FM Elshaday.

 Lagoa Rodrigo de Freitas. E abaixo torre do SBT e da FM104,5 e FM 107,9.
 Torre da Fm O Dia e MPB FM.

 Torre da Globo, CBN e Beat 98.
Torre da Tv Brasil, Tv Band Rio, Mec Fm e 94 FM.

Torre da Record, Record News e Aleluia 105.


 Base da Tv Bandeirantes.

 Torre da TV Brasil, Band, Mec FM e 94FM.

 Torre da FM O Dia e da MPB FM.

 Torre da Tv Globo a noite e no final da tarde.

 Torre da Tv Brasil e da Band e ao lado torre de Furnas Centrais Elétricas.

Com relação ao assunto principal, as torres e as emissoras ha várias novidades a serem comentadas aqui. Uma delas é a da Renascer que entrou num acordo com o Armando Campos e comprou os 107,9. Eles agora ocuparão a mesma torre e base onde a Radio Tupi se encontram atualmente. A Tv Gospel  canal 50 voltará a funcionar também assim que os novo equipamentos da Gospel FM esteverem instalados na torre e na base onde a Tupi AM/FM se encontra. Isso deve acontecer até meados de junho quando as duas entrarão no ar juntas com equipamentos novos. Estes equipamentos, tanto o da radio como o da tv, ja se encontram no prédio onde ficam os transmissores da Radio Tupi só esperando a hora certa para serem instalados. Uma outra novidade é com relação a Radio Globo. Ela não comprou os 89,3, não comprou transmissor nenhum e nem colocou seu sistema irradiante na torre da Tv Globo. Foi apenas um arrendamento de dez anos e as mudanças de link da Nossa Radio para Radio Globo aconteceram nas mesas de som da Rua do Russel e não no Sumaré como foi divulgado aqui e na internet, onde o sinal da Nossa Radio estava sendo mixado nas mesas da Radio Globo. Tive a oportunidade de visitar o sistema digital do SBT no Sumaré. Ele é da Toshiba e é o mais moderno do Rio, melhor até que o da Globo. A Mix Fm (imprensa) comprou modulador IBOC, porém ha rumores de que o governo escolha o DRM como padrão do radio digital. Se isso acontecer, ela gastou grana a toa. O mesmo vale para CBN 860 que também possui modulador IBOC no AM e no FM na sua frequencia 90,5 em São Paulo, onde ela transmite a Globo FM em conjunto com a CBN SP. Quanto a CNT, ela comprou os equipamentos da TV digital, mas por motivos diversos até hoje não os instalou. Ja a NGT está ocupando a minitorre que era da Tupi( quando ainda era Nativa) no prédio do SBT. A BandNews esta utilizando duas torres, a da Oi telefonia e a sua própria e comprou um transmissor BE, melhorando assim seu sinal. Tudo isso aconteceu após a queda da sua torre após um vendavál no ano passado. E ao lado da base do SBT, ha também uma queda de barranco feia daquela chuva de abril. E a Estrada do Redentor no sentido Paineiras se encontra fechada para circulação de veiculos, pois corre risco de desabar. Estas são as várias novidades que encontrei no Sumaré. E só!











6 comentários:

Leonardo Augusto disse...

Muito bom cara parabens. Meu sonho é ir lá pessoalmente um dia. Continue assim. Se tiver mais detalhes pode postar virei um admirador do seu blog. Abraço.

Victor Faria disse...

Também gostaria de ir lá um dia.

Abraço!

Marcos Vinicius Gomes disse...

Belas fotos...é engraçado ver este monte de antenas lado a lado. Se bem que aqui em SP elas também estão, só que na Paulista em cima de edifícios. Abs.

Marcos Vinicius Gomes disse...

Belas fotos...é engraçado ver este monte de antenas lado a lado. Se bem que aqui em SP elas também estão, só que na Paulista em cima de edifícios. Abs.

Natália Campos disse...

Olá, tudo bem.

Estava pesquisando sobre visitas as antenas do sumaré, pois sempre tive interesse em conhecer o local, e achei aqui seu post, suas fotos estão bem legais. Gostaria de saber se existe possibilidade de eu fazer uma visita também. Se tiver informações para me ajudar, por favor me mande um email.
email: natscampos@yahoo.com.br

Obrigada.
Natália

Unknown disse...

amigo muinto bom ver essas antenas ,hoje tenho 53 anos mas quando crinça de 13 anos eu vivi a experiencia de viver no meio destas antena ,sinto saudades